DOOM chegará ao Nintendo Switch ainda em novembro deste ano

Com o lançamento de um novo vídeo a Bethesda anunciou que o tão aguardado game DOOM chegará ao console híbrido Nintendo Switch no dia 10 de novembro de 2017.

No vídeo da id Software, o diretor criativo Hugo Martin discute junto com o produtor executivo Marty Stratton as possibilidades que os jogadores terão ao experimentar DOOM na plataforma da Nintendo, incluindo a campanha single-player, o modo arcade e todos os mapas disponíveis no Multiplayer, além de todos os DLCs já lançados.

A responsável pelo porte de DOOM para o Nintendo Switch foi a desenvolvedora Panic Button, que assegurou em seu trabalho, ainda segundo o vídeo, que o FPS continue tão rápido, brutal e fiel à experiência aclamada pela crítica e pelos jogadores em outras plataformas.

Além de DOOM a Bethesda e suas desenvolvedoras associadas estão trazendo para o Switch The Elder Scrolls: Skyrim V e, conforme comentado por Marty no vídeo, Wolfenstein II: The New Colossus também deve chegar à plataforma em 2018.

Saiba mais sobre DOOM

No dia 17 de fevereiro de 2016 DOOM chegou às prateleiras físicas e virtuais pelo mundo, tanto para PC quanto para os consoles. E a surpresa não podia ser melhor: Um grande jogo, capaz de trazer as tradições de DOOM de volta ao mundo dos games.

E a equipe do WannaPlay não podia deixar de experimentar, em primeira mão, e analisar este grande expoente dos first person shooters modernos e publicar uma análise completa sobre o jogo e suas novidades.

Para você que deseja saber mais sobre DOOM, leia AQUI nossa análise sobre o jogo e entenda porque todos os fãs do estilo deveriam jogar o mais novo título da franquia. Além do modo campanha extremamente caprichado e cheio de ação, DOOM recebeu ainda, mais recentemente, um modo Arcade que transporta o jogador para o mundo competitivo dos games dos anos 80 e 90, além de um multiplayer com mais de 18 mapas e armas avassaladores, com capacidade de incorporar até os demônios do jogo principal.

Saiba tudo sobre o jogo AQUI, em nossa análise.

css.php